quarta-feira, 30 de julho de 2008

Visita dos alunos do Instituto São José


Em 14 de julho 2008, José Américo Roig, o Zeméco, recebeu em sua casa, na praia do Mar Grosso, a visita de cerca de 80 alunos da 5ª, 7ª e 8ª séries do ensino fundamental do Instituto Estadual de Educação São José, de São José do Norte - RS - Brasil, acompanhados dos professores Vavá, Marta e Gerusa, para que os estudantes conhecessem o artista plástico nortense e suas obras. As fotos acima, da visitação, quando Zeméco, sensibilizado, mostrou algumas de suas telas e deu uma espécie de aula ao ar livre sobre como iniciou na pintura. Muitos dos alunos não conheciam o pintor, outros só através do DVD Zeméco - Uma vida em Artes, produzido pela Aphac Norte, sobre a vida e obra de Zeméco.

quinta-feira, 24 de julho de 2008

Zeméco homenageado pelo Blog Teatro e Vida




O artista plástico José Américo Roig, natural de São José do Norte - RS - Brasil, foi recentemente homenageado pela professora Vilma Gibon, editora do blog Teatro e Vida, com a exposição de alguns quadros de autoria do pintor nortense (fotos acima e ao lado, pinturas feitas em costaneiras), além de vídeos colocados no blog Olhar Virtual.
Vilma, que reside atualmente em Porto Alegre, além de professora é brinquedista, orientadora vocacional e atriz em formação, procura divulgar seus projetos vinculados à educação e ao teatro. Um deles é o Teatro pedagógico - Nova proposta de trabalho educacional, dirigida a pais e educadores, tratando da importância do teatro na educação.
Segue abaixo, breve comentário de Vilma, que já trabalhou no Grupo de Teatro Caras de Pau, em São José do Norte, sobre essa proposta:
"Segundo o psiquiatra Roberto Shinyashiki numa entrevista com Vanucci disse: '... o que as escolas deveriam fazer é ajudar os alunos a desenvolverem as suas potencialidades...' E nessa nova proposta que tenho - Teatro Pedagógico, eu trabalho com teatro de forma a desenvolver as potencialidades de cada ser e a educação formativa comportamental (valores e virtudes), linguagem do afeto, objetivando a realização pessoal e profissional de cada indivíduo = felicidade".
Para saber mais sobre esse projeto e outras atividades dessa talentosa educadora, basta clicar no link (atalho) abaixo para o seu blog:

Teatro e Vida

Apresentação Livro Teatro Pedagógico

Observação: Imagens acima, fotografias das pinturas de Zeméco, feitas em costaneira (material normalmente usado para cercas, e que Zeméco dá uma outra vida), gentilmente cedidas por Vilma Soares Gibon.

Zeméco e família


No dia 20/07/2008, José Américo Roig, o Zeméco, artista plástico de São José do Norte - RS - Brasil, comemorou 74 anos de vida e 60 anos de pintura. Na oportunidade, após o tradicional churrasco para comemorar a data, o blog Olhar Virtual, criado por sua família para homemageá-lo, registrou em vídeo alguns depoimentos do pintor.
No vídeo acima, Zeméco comenta sobre as homenagens que vêm recebendo. Aparecem também no vídeo, a esposa Hildette, os netos Júlia (Júlia 11 anos) e Allan (3 anos) e Zenilda, irmã de sua nora Elisabete, esposa do filho José Antonio, que fez a filmagem.
O vídeo foi postado no YouTube, para poder ser disponibilizado no blog Olhar Virtual.

quarta-feira, 23 de julho de 2008

Dia do Amigo e Aniversário do Zeméco



José Américo Roig, o artista plástico Zeméco, natural de São José do Norte - RS - Brasil, completou 74 anos de vida e 60 de arte, neste dia 20 de julho de 2008, quando familiares se reuniram em sua casa, na Praia do Mar Grosso, em São José do Norte, para festejar a data com um belo churrasco.
Dia 20/7 é o Dia Internacional do Amigo, data do aniversário de Alberto Santos-Dumont, pai da aviação brasileira e inventor do avião, e também foi neste dia que o homem desceu na Lua, quando o comandante da missão Apollo 11, o astronauta norte-americano Neil Armstrong proferiu a seguinte frase ao pisar em solo lunar: "É um pequeno passo para o homem, mas um gigantesco salto para a Humanidade".
Zeméco, quando jovem quis voar, e improvisou um par de asas e saltou de cima do telhado de uma casa, e o resultado os visitantes do blog Olhar Virtual, feito para divulgar sua vida e obra, podem assistir no pequeno depoimento acima, postado no YouTube (basta clicar no play).
Zémeco está cego de um olho, desde o início dos anos 1960, e, atualmente, encontra dificuldades de ver com o olho são, mas mesmo assim, ainda pinta sua terra, os casarios e a paisagem da região sul do RS e do Brasil, fruto de sua incrível memória fotográfica.
Observação: No vídeo acima, Zeméco está acompanhado de sua esposa, a profª Hildette Klaes Roig.