segunda-feira, 17 de setembro de 2007

Zeméco destacado pelo Blog ARTE BRASILIS


José Américo Roig, o artista plástico nortense, foi destacado pela arte-educadora Vera Guidi, editora do blog ARTE BRASILIS, de São Paulo, Capital.
Para maiores detalhes, favor acessar ao link, bastando clicar no título dessa postagem.

sexta-feira, 14 de setembro de 2007

O ataque a São José do Norte


Como estamos em plena comemoração da Revolução Farroupilha, no RS, o blog Olhar Virtual postou um quadro de Zeméco que retrata justamente o ataque dos Farrapos à vila de São José do Norte.

domingo, 9 de setembro de 2007

Sobrado da família Gibbon II


Esta tela mostra o sobrado da família Gibbion, na Rua Gal. Osório, recém adquirido pela Prefeitura Municipal de São José do Norte, para sediar, após restauro, a Secretaria Municipal de Educação e Cultura - SMEC.

Clube Sócrates


Quadro que retrata a antiga sede do Clube Sócrates, na Rua Direita, em São José do Norte.

Hotel Amaral II


Nesta imagem encontra-se o Hotel Amaral, retratado de outro ponto de vista, tendo ao seu lado a casa/cartório do Dr. Jader Amaral, e a casa da família de Juca Protas.

Bilhar Seu Antonio


Quadro que retrata o antigo Bilhar Seu Antonio, hoje Cafeteria Seu Antonio, na Rua Gal. Osório (Rua Direita), esquina com a Rua Pinto Lima, em São José do Norte - RS - Brasil. Ao lado deste bilhar existiu a casa de Abel Marques, tio-avô de Zeméco.

Hotel Amaral


A imagem acima, retrata o antigo Hotel Amaral, na rua Gal. Osório (ou Rua Direita), onde hoje está a sede do Ministério Público de São José do Norte. Ao lado deste a Casa Primo. Do outro lado a antiga casa da família Protas.

Cine Teatro Independência


A imagem acima é reprodução do Cine Teatro Independência, de propriedade do Sr. Cataldo Petrone, que situou-se na rua Mal. Floriano, onde hoje existem o posto de Saúde e o Restaurante Brisamar, em São José do Norte. Nesse cinema, ocorriam shows de calouros, nos anos 1950, e Zeméco foi operador de projeção de filmes.

Lancha Alice


Mais um flagrante da memória visual de Zeméco, retratando a antiga lancha Alice (anos 1950), de propriedade de Menandro da Silva, pai de Pery Lopes da Silva, ex-proprietário da lancha Bethânia.

Linha de ônibus AZ de Espada


Quadro que recupera, através da memória visual de Zeméco, o antigo ônibus da empresa AZ de Espada, de propriedade de Picucho Gautério, hoje de propriedade de seu filho Guaíba.

Sobrado da família Silveira


Esse é um novo motivo de Zeméco, retrantando o antigo sobrado da família Silveira, na rua Mal. Deodoro, onde está situada a atual prefeitura municipal de São José do Norte. Ao fundo percebe-se a Igreja Matriz de São José.

Rua Gal. Osório


Neste motivo, Zeméco retrata outra parte da rua Gal. Osório, também dos anos 1950, com casarios de famílias tradicionais de São José do Norte. Na extremidade direita casa da família Costa, de Walmir, pai dos professores Guilherme, Dione e Sara, onde esteve situada a Biblioteca Municipal Delfina da Cunha, nos anos 1980. Na extremidade esquerda, a casa de Seu Aparício Porto.

Casario família Gibbon


No quadro acima, Zeméco retrata a rua Gal. Osório, em São José do Norte, nos anos 1950, com detaque para o casario da família Gibbon, à direita, e a Casa Ferrari na outra extremidade da tela.

sexta-feira, 7 de setembro de 2007

Casa da família Antiqueira


A foto do quadro de Zeméco, retrata a casa da família Antiqueira, situada na rua Mal. Floriano, em São José do Norte - RS - Brasil, onde o artista plástico, natural desta cidade, nasceu em 20 de julho de 1934. Atualmente, a referida casa só possui o espaço da porta e duas janelas à direita. O pintor nasceu no espaço das duas janelas à esquerda, que já não existe mais. Embora Zeméco, cego do olho esquerdo - desde o início dos anos 1960, quando teve descolamento da retina, e residia em Porto Alegre -, e enxergando pouco do olho direito, sua memória visual privilegiada não permite que a memória histórica do município que o viu nascer fique esquecida... Sua participação na preservação do patrimônio histórico, artístico e cultural de sua cidade - aliado a pessoas e entidades que tratam deste mesmo tempo -, é fundamental.

Projeto Zeméco VI: autógrafos e despedida







José Américo Roig, após ser homenageado pela escola, pelo seu aniversário, concedeu autógrafos aos alunos da 6ª série, turmas 61 e 62, da EEEF Silvério da Costa Novo, dentro do Projeto Zeméco, desenvolvido pela arte-educadora Rosãngela samaniego, que consitiu em assistir ao DVD sobre vida e obra do pintor nortense, depois elborar trabalho com os alunos da 5ª série, da EEEF Silverio da Costa Novo, em 2006,e com os mesmos alunos, já na 6ª série, prestar uma homenagem ao pintor nortense.
Zeméco agradece essa iniciativa de valorização e reconhecimento de sua obra. Muito obrigado a todos!

Projeto Zeméco V: doação de quadro à escola






O artista plástico Zeméco, a frente de painel com quadros dos alunos, que se inspiraram em sua obra. Diante da acolhida e da homenagem dos alunos e professores da EEEF Silvério da Costa Novo, no dia 16/7/2007, José Américo Roig doou um de seus quadros, com o motivo da Igreja da Povoação da Barra, para acervo da escola.
Na foto 5 (de cima pra baixo): Alexandre Carinha Novo, presidente da Câmara de Vereadores de São José do Norte, que gentilmente transportou Zeméco de sua residência até à escola; profª Marcia Elaine da Costa Amaral, diretora da escola; José Américo Roig e a arte-educadora Rosângela Samaniego, responsável pelo projeto Zeméco.

Projeto Zeméco IV: entre quadros e alunos











Diante das turmas 61 e 62, da 6ª série, da E.E.E.F. Silvério da Costa Novo, de São José do Norte, Zeméco mostra alguns de seus quadros e comenta detalhes sobre os mesmos.

Projeto Zeméco III: a visita à Escola












No dia 16 de julho de 2007, a convite da E.E.E.F. Silvério da Costa Novo (5ªsecção da Barra, São José do Norte-RS), Zeméco participou de um encontro com os alunos da 6ª série, turmas 61 e 62, participantes do Projeto Zeméco, organizado pela arte-educadora Rosângela Samaniego (foto 9, de cima para baixo), onde pode conhecer os trabalhos artísticos elaborados pela turma, inspirados no vídeo UMA VIDA DE ARTES - A história de vida de José Américo Roig, produzido pela Associação do Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural de São José do Norte (APHAC-Norte). Os professores da escola participaram da atividade.
Zeméco pode contar uma pouco de sua vida e obra, conversar com os alunos e responder suas indagações. Depois recebeu um livro com depoimentos e desenhos feitos pelos alunos do Projeto Zeméco, material que foi incluído no acervo do artista. Teve ainda bolo de aniversário, pelos seus 73 anos de vida, que foram comemorados no dia 20/7.
Na foto 3 (de cima para baixo), Zeméco conta aos alunos como fez as asas e resolveu voar se atirando do telhado da Casa Ferrari, o que lhe ocasionou (quando adolescente) fratura na cabeça, costela e perna. Uma das várias facetas pitorescas do artista nortense.

Projeto Zeméco II: o trabalho dos alunos











Eis, acima, alguns dos trabalhos dos alunos da E.E.E.F. Silvérioda Costa Novo, de São José do Norte, inspirados no Projeto Zeméco, que envolveu assistir (em 2006), ao vídeo sobre sua vida e obra, produzido pela APHAC - Norte; e, em 2007, produzir trabalhos artísticos, inspirados nas imagens das telas do pintor nortense.
Zeméco, comovido pela homenagem, agradece à direção da Escola, na pessoa da profª Márcia Elaine da Costa Amaral (diretora), à arte-educadora Rosângela Samaniego (idealizadora e responsável pelo projeto) e aos alunos da 6ª série, que de forma criativa e talentosa, contribuiram para a valorização e reconhecimento do trabalho de José Américo Roig.