sexta-feira, 20 de julho de 2007

Aniversário de Zeméco

Em 20 de julho de 1934, José Américo Roig, o Zeméco, nasceu em São José do Norte. Hoje, o aniversariante concedeu em sua residência na praia do Mar Grosso, entrevista a TV FURG - Rio Grande, que breve irá ao ar.

quarta-feira, 18 de julho de 2007

Zeméco recebe homenagem de Escola Estadual em São José do Norte

Nessa segunda-feira, dia 16/07, na parte da manhã, José Américo Roig, o Zeméco, proferiu palestra e recebeu homenagem de alunos e professores da Escola Estadual Silvério da Costa Novo, na povoação da 5ª Secção da Barra, em São José do Norte - RS - Brasil. Em próximas postagens esse blog estará colocando as fotos e maiores detalhes desse evento. O artista plástico, muito sensibilizado, agradece a bela homenagem.

Mostra de pinturas de João Ely

O artista plástico rio-grandino João Ely, na próxima sexta-feira, 20/7, estará com a nova mostra de pinturas no Café e Espaço Cultural Petruzzi, na Rua Gal. Bacelar, 210, em Rio Grande - RS - Brasil. Haverá a apresentação do Pianista Cliff Korman, as 19h30, com um show. Depois a música continua com o seu Vilmar no sax e o Melik Curi no teclado. Vale a pena prestigiar esse evento que aglutina arte e cultura na medida certa.

terça-feira, 10 de julho de 2007

Mar e Terra


Dois quadros, dois motivos recorrentes na vida e obra de Zeméco, a terra natal e o mar.

Gilda: HQ inacabada








Acima, mais uma História em Quadrinhos, feita por Zeméco, nos anos 1950, mas inacabada, intitulada Gilda.

Primeiras HQs





Zeméco escreveu primeiras Histórias em Quadrinhos pelos anos 1950. Essa acima é de uma tema que o desenhista sempre gostou: faroeste. Criou o cowboy Jin Dancer. Quando jovem, Zeméco foi ajudante de projecionista no cinema do seu Cataldo, em São José do Norte - Rio grande do Sul - Brasil, e lá, como ele mesmo conta, em certos filmes que a diligência caía no despenhadeiro, ele colocava o dedo no rolo do filme e fazia a fita retroceder... Primeiros efeitos especiais na vida do pintor.
Observação: Na foto da página 2, há a "intervenção" da neta Júlia, passando caneta sobre o desenho ainda a lápis, os demais a nanquim. Coisas da vida.